terça-feira, 18 de outubro de 2011

Roma

No dia 18, à noite, chegamos ao Roma Termini (Terminal de Roma). Viemos de trem de Florença (passagem a € 90). É a estação ferroviária mais importante de Roma e uma das maiores da Europa. Restruturada em ocasião do Jubileu de 2000, tornou-se um importante ponto de referência para os turistas e cidadãos romanos, sobretudo graças à presença de numerosos serviços no Fórum Termini, um grande centro comercial situado nos planos subterrâneos da estação. Esta estação tem ligação com as linhas A (laranja) e B (azul) do metrô e com numerosas linhas de ônibus urbanos e tróleis (ou ônibus elétricos). Dali, pode-se partir para quase todos os pontos de interesse da capital italiana.

Tínhamos feito a reserva no Bed and Breakfast Casa Carra (via dello Statuto, 44), próximo à Estação Central e à Basílica Maria Maggiore. Diária a € 99 com wi-fi gratuito, frigobar, banheiro privativo e café da manhã (bem fraco, somente café, suco e torradas). Contato: acasacarra@fastwebnet.it. A vizinhança é boa, com cafés, mercearias e mercados.
 
O transporte é eficiente e barato. A passagem integrada (ônibus e metrô) custa € 1 e vale por 75 minutos. Melhor é comprar o tíquete válido por 24 horas, que custa € 4. Andar de metrô é muito fácil lá; são apenas duas linhas: A e B. Nos ônibus, lembre-se de entrar pela porta de trás e imediatamente validar seu tíquete no aparelho de cor amarela dentro do ônibus.

Do terminal até o Aeroporto Internacional de Roma ou Aeroporto Fiumicino, a passagem de trem custa € 28 e o tempo de viagem é de 40 minutos. Pode-se comprar antecipadamente ou na hora, nas várias máquinas espalhadas pelo terminal ou no guichê, se preferir.

Há, no mínimo, 7 opções de Sightseeing. NÃO recomendamos a Open Tour, pois além de não ter saídas pontuais, não inclui no roteiro a Vila Borghese, com seus belos parques (além de oferecer uma bela vista da cidade, por ficar no alto). Os preços são: € 16 por 24h e € 20 por 48h. Dispondo de tempo, é preferível usar o metrô que dá acesso a praticamente todos os pontos de atração. Caso contrário, o Sightseeing é uma boa opção para ver tudo e de forma mais rápida. 
Começamos nosso tour pela Basílica Santa Maria Maggiore e pela Piazza della Repubblica, atrações mais próximas ao nosso hotel. Com duas cúpulas, tem um interior belíssimo e grande, com inúmeras colunas e afrescos no teto e nas laterais. Foi construída entre 432 e 440, durante o pontificado do Papa Sisto III, e dedicada ao culto de Maria, Mãe de Deus. Suas fachadas diferem em cada lado. Num, ela parece retangular, no outro assume uma forma semicilíndrica.

No caminho entre o Roma Termini e a Basílica Maggiore, pode-se ver o elegante Teatro dell ‘Opera.

Seguimos mais duas quadras e chegamos a Roma Termini (estação) para pegarmos o metrô até o Coliseu (Colosseo em italiano). São apenas duas paradas até lá.
Ocorreu um erro neste gadget

Visitantes (últimos 7 dias)

Visite Blog RotaCinema

Postagens populares

Tags

Antiga Roma, coliseum, coliseu, coliseo, pontos turísticos, fotos e dicas de Roma, Vatycano, papado, turismo em Roma, viagem independente pela Itália, dicas de viagem, blog simone, viagem barata, Simone Rodrigues Soares.

  © Blogger template On The Road by Ourblogtemplates.com 2009

Back to TOP